Pular para o conteúdo principal

Photoshop CS5 chega ao Brasil US$ 412 mais caro que nos EUA

O brasileiro que estiver disposto a utilizar a já famosa ferramenta Content-Aware Fill do novo Photoshop CS5 – que completa imagens automaticamente e que "adivinha" o que estaria ao fundo de um elemento cortado de uma foto – terá de pagar US$ 1.111 (o equivalente a cerca de R$ 1.900) pelo produto, na versão básica em português. São US$ 412 a mais que o pago por um usuário americano pela versão em inglês: lá, o Photoshop CS5 custa US$ 699, ou R$ 1.230.

No final de 2009, a Adobe, desenvolvedora do programa que virou uma espécie "bombril" da edição de imagens em computador, anunciou que venderia, pela primeira vez, um pacote de programas com preço menor no Brasil que o praticado nos EUA. Objetivo: adaptar-se às necessidades econômicas locais e combater a pirataria.

Na avaliação do próprio diretor-geral da Adobe Brasil, Fábio Sambugaro, o teste de mercado foi um sucesso. Ainda assim, o Photoshop chegará mais caro ao Brasil. "Vamos adotar preços regionalizados, mas existem custos específicos para levar o produto para cada país", justifica Sambugaro.

A diferença de preço fica ainda maior se o brasileiro quiser comprar o programa em inglês, que chegará antes às lojas, já no final de abril. Para não ter que esperar até meados de maio, o usuário brasileiro desembolsará US$ 1.301.


Além do Photoshop, a Adobe apresentou nesta terça-feira (13) sua nova linha de programas para edição de fotos, vídeos, impressos e páginas eletrônicas. O pacote completo Creative Suite 5 será vendido a cerca de US$ 5 mil no Brasil.





Transição digital
Os novos produtos trazem, segundo a Adobe, mais de 250 novos recursos. Boa parte deles tem como foco a integração entre produção de conteúdo impresso e digital. A ideia é facilitar a transposição de materiais feitos para revistas, por exemplo, para a internet ou para a leitura em equipamentos digitais, como celulares e tablets.

"O público já está preparado para o que chamamos de cross-media", afirma Sambugaro. O diretor-geral da Adobe Brasil dá ênfase para as ferramentas oferecidas no novo pacote, que facilitam o fluxo de trabalho para produtores de conteúdo e empresas de mídia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Temperamento - Decubra seu Perfil Profissional

PerguntaSimNão1: Gosta de conversar?2: Gosta de atividade, ação?3: Emociona-se com facilidade?4: “Explode” facilmente?5: Está sempre atualizado nos mais diversos assuntos(cultura geral)?6: É imaginativo?7: Tem inclinação para a crítica e para ironia?8: Tem tendência a mudar de opinião se apresentarem argumentos válidos?9: Quando lhe pedem desculpas,reconcilia-se com facilidade?10: Tem dificuldade em perdoar/esquecer?11: Gosta de fazer o bem sempre que pode?12: Aflige-se facilmente com os males do próximo?13: É mais optimista do que pessimista?14: Ri com facilidade quando há motivo?15: É uma pessoa inconstante,pouco perseverante?16: Prefere que sejam outros a resolver os problemas?17: Aceita facilmente novas ordens que lhe são dadas?18: Gosta de novidades?19: Gosta de andar elegante, bem vestido?20: Gosta de ser admirado/elogiado pelos outros?
PerguntaSimNão1: Irrita-se com facilidade?2: Nota-se quando está irritado?3: Guarda rancor?4: Perdoa com facilidade?5: É intolerante quando contr…

Tabela Periodica - Atalhos do Excel

Preciso ter um site?

Más é óbvio que a resposta é SIM, até porque como vou ganhar dinheiro fazendo site se as pessoas e empresas não fazem site.
Bem é isso que a maioria das pessoas pensam, que fazer um site é desnecessário e só server pra gastar dinheiro, ou então a pessoa faz um site porque sempre perguntam para ela "Você tem Site?".
Os motivos e necessidades para se ter um site são muitos, varia de negócio para negócio. Listei abaixo alguns itens, caso esteja lendo até aqui, não pare, leia o restante, acredito que vai mudar a seus conceitos sobre ter um site.
Aberto 24h. Suas informações, produtos, serviços estarão disponíveis aos clientes 24 horas por dia.
Credibilidade. É muito difícil para uma pequena empresa concorrer com empresas de grande porte. Na internet é possível que uma pequena empresa, com um site bem projetado, com um bom design gráfico, navegação simples e informações bem redigidas seja bem avaliada pelos seus clientes - mesmo quando comparada com concorrentes de maior porte. Um bom…